Etiqueta: quarto

“A preto e branco”

Por Ana Antunes

Joana e Daniel, os candidatos deste episódio, concorreram ao Querido porque vivam numa casa em obras com uma bebe que nasceu durante a pandemia. Há 3 anos compraram esta habitação que se encontrava praticamente em ruínas, o Daniel idealizou a moradia e propôs-se a reconstrui-la, no entanto chegaram a um ponto de saturação que decidiram pedir-nos ajuda para esta obra inacabada, e candidataram-se com o quarto da Matilde como prioridade. Não pudemos deixar de fazer a surpresa de renovar também o quarto deste casal. A primeira fase da nossa obra tinha que começar claro por preparar paredes e tetos que se encontravam em gesso cartonado. 

O quarto do casal é inspirado num quarto de hotel onde a casa de banho e o quarto convivem harmoniosamente. Os elementos interligam-se entre os dois espaços, por isso o revestimento cerâmico teve aqui um papel muito importante, as peças cerâmicas que revestem a casa de banho entram pelo quarto num apontamento junto à cama.

Sendo um quarto, a zona da cama deve ter sempre um destaque maior, é o que acontece com esta cabeceira idealizada por Ana Antunes. Foi criado um painel avançado para criar proximidade e destaque, num padrão riscado a preto e branco, para reforçar a verticalidade por termos um pé direito baixo. Os nichos foram revestidos com um papel de parede preto texturado; e os painéis de vidro canelado fazem de biombo para resguardar um pouco a vista para a banheira que está à entrada (suportado com painéis pretos de madeira).

É um espaço neutro a nível de cor, já contem o orgânico das manchas do cerâmico, um papel de parede texturado e o contraste do branco e do preto, portanto, há vários pontos que introduzem vida sem introduzirem cor. Tudo isto é conjugado com o quente da madeira.

O quarto não foi só pensado para a Matilde mas também para a irmã que de vez em quando está com eles. Este espaço foi pensado para ser intemporal e acompanhar por muitos anos o crescimento da bebé. O quarto foi literalmente todo embrulhado em papel de parede, um com uns desenhos a preto quase como se fosse desenhado a carvão e o outro em baixo, texturado como se fosse uma palhinha que dá conforto. Tal como no quartos dos pais, o preto e o branco predominam e há uma ausência de cores fortes.

“Sofisticado e intemporal”

Por Rodolfo Galvão

A candidata, Maria João Campos, vive com o marido e os dois filhos nesta casa, lugar onde, devido a toda esta situação pandémica, tem passado a maior parte do seu tempo. Foi precisamente durante a fase de confinamento que esta família foi obrigada a ter um novo olhar sobre a sua casa e perceber algumas das suas carências. É então nessa sequência que Maria João se candidata com o seu quarto, divisão esta que se encontrava num estado muito degradado.

É um projeto que incide maioritariamente na atualização, organização e decoração do espaço. Rodolfo Galvão impôs a intemporalidade como conceito para o projeto. As tonalidades e o design escolhidos são clássicos e modernos, adaptáveis a qualquer estilo. A base do espaço enaltece precisamente a intemporalidade, com paredes brancas com um suave tom de cinzento. As tonalidades que acompanham a decoração são neutras e o azul é pontualmente aplicado. Tudo isto é aliado à palavra de ordem de Rodolfo: sofisticação.

É um quarto com uma boa área e para satisfazer as necessidades da candidata o nosso decorador encontrou a melhor solução na divisão do espaço: criar duas zonas distintas, uma de dormir e outra de trabalho. Uma estrutura de gesso cartonado do chão ao teto é o que divide estas duas zonas, de um lado a televisão, de apoio à zona de dormir, e do outro lado uma zona de trabalho. Esta estrutura depois de preparada foi revestida a um papel de parede branco com um padrão geométrico suave.

Em todas as divisões podemos ter paredes de destaque, aqui, como quarto que é, não podia deixar de ser a parede da cama. Foi então criada uma cabeceira personalizada em “escadinha” com contraplacado marítimo para dar profundidade e detalhe à parede, e nas laterais foi colocado o revestimento cerâmico igual ao da casa-de-banho.

Esta divisão é uma suite por isso não fazia sentido não renovar também a casa-de-banho de forma a haver uma ligação entre os espaços.

A casa-de-banho acompanha o quarto com um design simplificado mas com alguns elementos sofisticados característicos de Rodolfo. Para modernizá-la e torná-la mais prática, foi necessário retirar a banheira (substitui-la por uma base de duche) e o bidé para ganhar mais espaço para arrumação e assim tornar o espaço mais funcional. Modificar o lavatório e as torneiras por modelos mais modernos que se integram na nova decoração era imperativo. O revestimento do pavimento e das paredes são uma espécie de mármore cinzento acastanhado, e por cima do móvel do lavatório o revestimento é diferente para criar uma espécie de painel. 

Todos os pontos que precisavam de ser alterados foram levados em consideração e foram resolvidos. No final obtivemos uma divisão completamente atualizada e modernizada, que agora vai muito mais ao encontro do gosto e das necessidades dos candidatos.

“Dois quartos de alegria”

Por Luís Pedro de Abreu

A palavra de ordem deste episódio foi “partilha”. A Miriam e o Guilherme são dois irmãos que partilham o quarto desde sempre e isso era um preocupação para mãe que sentia que o espaço não tinha as condições necessárias.

Não só era preciso uma nova estética como também era fundamental trazer conforto ao espaço. Este quarto foi projetado para haver duas zonas distintas de forma a criar dois ambientes, uma para menina e outro para o rapaz, e esse foi o maior desfio. Criar diferenciação de espaços mas ao mesmo tempo torna-los uno era fundamental para que os dois irmãos de idades distintas se sentissem confortáveis.

O amarelo torrado foi a cor predominante com que Luís Pedro decidiu arriscar e a decoração foi, em certos objetos, inspirada nos anos 80, como as cadeiras e o aproveitamento do pavimento. Ao mesmo tempo brincou com objetos bem modernos, como os fios elétricos coloridos que percorrem paredes e tetos de forma a separar a zona da menina com fio cor de rosa e a zona do menino com fio verde.

Luís Pedro e os Queridos não podia deixar o quarto dos pais como estava, também estes merecem. Era a divisão mais pequena de sempre, então o nosso decorador arranjou uma solução de arrumação que funciona bastante bem para espaços pequenos (dois armários laterais com uma ponte que os liga também com arrumação).

Por ser um quarto tão pequeno foi todo pintado de branco e salpicado com decoração esverdeada. O papel de parede que faz lembrar a malha do linho faz de cabeceira de cama, é discreto mas acrescenta mais conforto à decoração por parecer tecido.

“O Closet de sonho”

Por Ana Antunes

Como muitas mulheres, Sónia Loureiro tinha o sonho de ter um closet, até então não tinha sido possível e foi ao ‘Querido’ que recorreu para que o seu desejo se realizasse. E nós oferecemos-lhe um closet de sonho e muito mais!

Aqui tínhamos um pequeno desafio que tornou num grande desafio! O closet era o sonho da candidata e, apesar do quarto ter boas dimensões ia ser impossível criar-se nesse espaço um quarto/closet. Tivemos que ocupar mais divisões e demolir paredes para que fosse possível ficar incrível como Ana Antunes tinha idealizado. O que neste projeto fazia sentido era demolir a parede do quarto de hospedes para o quarto do filho, e passar o quarto do filho para onde era o dos pais. Todos saíram a ganhar e com mais espaço.

O quarto/closet só seria possível com a demolição e assim a ligação da decoração flui pelos dois espaços de forma harmoniosa, onde o branco predomina e os apontamentos de azul complementam. A tonalidade da tinta branca escolhida vai buscar o tom do papel de parede aplicado na zona da cabeceira, papel parede este que se apresenta com um desenho de folhas em tom sobre tom, que confere ao espaço alguma dinamica dentro da sua leveza.

O roupeiro que estava no quarto ficava completamente obsoleto e com tanto espaço no closet não fazia sentido permanecer. De uma forma completamente original e contemporânea, Ana Antunes decidiu criar neste espaço um tocador: as portas saíram e revestimos todo o seu interior num material visualmente dinâmico, o maleiro foi mantido e assim ganhou-se um nicho neste espaço.

O closet em L é apresentado com várias soluções do IKEA muito completas para todo o tipo de roupa e acessórios. Gavetas, prateleiras e varões de diferentes alturas são o que compõe os roupeiros, e no meio deles foi colocado um espelho de cima a baixo que podia faltar. A grande dificuldade era não saber como fazer a organização para este casal em especifico, assim sendo foi feito de uma forma geral que cumpre com todos requisitos de um closet. Para complementar este espaço a secretária fazia todo o sentido, é um apoio e um local para teletrabalho.

Aqui a grande surpresa foi o quarto do filho, o João. Ficou num quarto maior do que estava, onde foi possível colocar uma cama maior. De tons masculinos, com o jogo de cores cinza, foi criado um quarto que vai acompanhar o crescimento do João sem precisar de alterações.

“No conforto do lar”

Por Luís Pedro de Abreu

Em Março do ano que passou, Sofia Real, descobriu que tinha uma doença que a leva a fazer quimioterapia por prevenção, e depois dessas sessões ela só quer um local onde possa descansar e recuperar. Foi então, nesse sentido que e candidatou ao ‘Querido, mudei a casa!’, no sentido de tornar a sua sala um espaço mais acolhedor e confortável onde pudesse repor as energias.

A primeira transformação visível na sala é a disposição da mesma, onde era a zona de refeições passou a ser a zona de estar e vice-versa.

Neste projecto, Luís Pedro, o nosso decorador, optou por tons claros e relaxantes. Nas paredes da sala usámos um tom bege claro que se insere perfeitamente na decoração pretendida. Para complementar o tom das paredes e criar textura e sensação de conforto colocámos um papel de parede que faz lembrar tecido, também ele bege.

O pavimento que existia na sala era um mosaico que tornava o ambiente muito frio e desconfortável, tentando responder a isso, colocámos um soalho flutuante que traz conforto visual e físico.

Como surpresa à candidata os Queridos uniram-se ainda mais e decidiram remodelar-lhe o quarto. Aqui o decorador optou por um tom verde água muito claro, que mais uma vez se insere na decoração pretendida e, desta forma, fomos ao encontro dos gostos revelados pela candidata.

No quarto usámos um papel de parede que será aplicado como painel em frente aos pés da cama que terá efeito meramente decorativo. Aplicámos também um papel de parede com efeito palhinha nas almofadas dos roupeiros existentes e nos roupeiros novos que implementámos, fazendo desta forma ligação entre os dois roupeiros.

“Quarto de Princesas”

Quarto Crianças + Quarto Casal

Este foi um caso que chocou toda a equipa do Querido, Mudei a Casa. Era inevitável ficar indiferente a duas crianças que dormiam apenas com um colchão, no chão.
O tema base para o quarto das duas irmãs, eram as princesas.
No entanto, não foi criado um quarto demasiado infantil, mas sim um quarto que facilmente é adaptado ao crescimento destas duas crianças, para que os pais não tenham que se preocupar com a renovação num futuro próximo, tendo a certeza que as filhas estão confortáveis neste espaço.
Foram criadas três zonas distintas, a zona de descanso, onde era necessário trazer conforto, a zona de brincadeira e ainda a zona de estudo. Era essencial definir estas zonas para que cada uma soubesse que este era o quarto delas.
No quarto dos pais a palavra chave foi o conforto. Era necessário trazer o máximo de conforto para este espaço e isso foi conseguido com a cama, que anteriormente era também inexistente.

ANTES

DEPOIS

CATÁLOGO

RESULTADO FINAL