Etiqueta: homedecor

Catherine Lansfield

A Catherine Lansfield é uma marca parceira do “Querido, mudei a casa!” de têxtil-lar.

Mãos-à-Obra – “Uma viagem cultural numa decoração moderna”

Por Rodolfo Galvão

Neste Mãos-à-Obra, o nosso decorador Rodolfo, com a ajuda do nosso Querido João Benedito criaram uma mesa de centro que era preciso com medidas especificas para esta sala.

https://www.leroymerlin.pt/

ANTES E DEPOIS – “Uma viagem cultural numa decoração moderna”

Por Rodolfo Galvão

Veja o ANTES E DEPOIS desta incrível transformação.

“Viagem cultural numa decoração moderna”

Por Rodolfo Galvão

Amara e Letícia são irmãs e, com o pai como cúmplice, candidataram-se com a sala para surpreenderem a mãe Filomena, que não fazia ideia de nada. 

A decoração da divisão tem 20 anos, desde que estão nesta casa. Ao longo do tempo muitas coisas foram adquiridas, desta forma percebemos que uma das características da Filomena é a “fobia” ao vazio, que preenche com diferentes móveis, pequenos objectos e uma grande quantidade de plantas. Aqui demos a oportunidade do velho sair para o novo entrar. Sabendo que esta mãe tem alguma resistência a mudanças mas que no entanto este já não era um ambiente agradável para a família, isto traz uma responsabilidade acrescida ao nosso decorador e aos Queridos, porque na verdade, a candidata gostava da sua sala. A nossa missão foi fazer com que quem goste do espaço assim goste ainda mais da nova decoração.

Estamos perante um espaço amplo, no entanto com uma decoração pesada e com excesso de objetos. A maior meta aqui era transformar totalmente esta sala tirando tudo o que está a mais e mantendo coisas que a candidata goste, nomeadamente as plantas, para deixar a personalidade da Filomena transparecer.

O ambiente da decoração leva-nos um bocadinho a Cabo Verde, numa viagem cultural, mas indo ao encontro de uma decoração moderna, contemporânea e com muita personalidade. Foi um projecto arriscado e arrojado, que se adora ou se odeia.

O azul cobalto e o verde esmeralda por serem as cores favoritas da candidata são as cores predominantes no espaço – estas vão estar sempre interligadas pelas tonalidades dos papeis de parede e pela decoração. Temos um papel de parede com vários tons de azul, com o desenho de penas que nos remete para um ambiente mais tropical; este é conjugado com outro papel de um tom azul mais escuro para dar um apontamento mais clássico, para não criarmos um ambiente completamente tropical. Estas cores sãos complementadas com o branco para suavizar e com o requinte dos dourados. Num espaço com tanta personalidade era importante que o pavimento tivesse uma cor neutra também para suavizar o ambiente.

Na fase final da decoração não foi esquecido o quanto as plantas seriam importantes na decoração. Numa divisão deste tamanho e para complementar claro toda a decoração, foram aplicados diversos pontos de luz, estes ajudam a criar vários ambientes e proporcionam um ambiente geral mais acolhedor.

“Cozinha Clean”

Por Luís Pedro de Abreu

A Vanessa e o Nuno são um casal que tem dois gémeos. Esta família viveu num T1 até aos 9 anos dos filhos e até terem a oportunidade de finalmente investir numa casa que será a dos seus sonhos, no entanto para ser dentro do orçamento compraram uma casa num estado degradado e estão a arranjá-la aos poucos mas na cozinha precisavam de uma ajuda maior e para isso candidataram-se ao QUERIDO. A cozinha estava realmente muito degradada, sem condições, quase não dava sequer ser usada. Previu-se uma obra muito difícil onde o essencial era tirar partido do espaço, que é bastante generoso. 

A cozinha original era em L, foi transformada, por Luís Pedro, numa cozinha em U com uma ilha no meio, super clean e moderna. Foi pensada uma cozinha funcional, com as diferentes zonas bem delineadas.

O gesso cartonado cobriu todas as paredes revestidas a mosaicos. Quanto a janelas e portas era impreterível serem mudadas; a porta era de madeira e agora é de vidro para entrar pela cozinha sensação de natureza que vem do jardim e luz natural.

Esta cozinha tem como base a cor branca, o preto é acrescentado em apontamentos e a madeira, principalmente o pavimento de soalho, torna o espaço visualmente mais quente. Os móveis brancos de acabamento mate são complementados com puxadores pretos, estes servem para muita arrumação pois a cozinha é grande e era uma pena o espaço não se aproveitado da melhor forma. Em destaque temos ao centro da cozinha uma ilha com bancada preta (diferente da bancada branca dos móveis para haver destaque) para criar algum dinamismo na funcionalidade da divisão.

Também ao centro, por cima da ilha, desce do teto uma prateleira que cria um momento de decoração bastante interessante neste espaço, que o complementa e preenche.