Etiqueta: decor

Mãos-à-Obra – “De filho para mãe”

Por Teresa Pietra Torres

Neste Mãos-à-Obra, Teresa e os Queridos ensinam-lhe como fazer facilmente um banco corrido.

https://www.leroymerlin.pt/

“De filho para mãe”

Por Teresa Pietra Torres

O nosso candidato tem apenas 13 anos, chama-se Martim e candidatou-se para surpreender a sua mãe, que nunca lhe faltou com nada e já passou por problemas graves de saúde. Esta mãe e este filho moram sozinhos e a sala é a divisão onde passam mais tempo, onde convivem e onde a mãe muitas vezes trabalha.

Esta sala era muito escura e muito pesada e, depois de tudo o que passou, Dora merece uma divisão com mais luz. Primeiramente, Teresa conceptualizou este projeto para criar três espaços distintos na divisão: zona de refeições (que não existia), zona de estar e zona de trabalho.

O espaço foi todo pintado branco para o tornar mais claro. A base das cores é suave e a decoração é que vai dar cor e personalidade ao ambiente.

As ripas de madeira, que sobem das paredes até ao teto, servem para delimitar a zona de refeições, diferenciando a zona de estar com a zona de jantar. Estas ripas na zona de jantar dão um aspeto mais fechado e que se abre para a zona de estar. Foi aplicado uma velatura branca para não ficarem ao natural, assim seriam mais escuras e acabavam por fechar mais o espaço.

Nesta zona da da sala, na parede que ficou lisa, foi aplicado um papel de parede de tom esverdeado que dá vida ao espaço. Esta zona de jantar tem um banco corrido que a Teresa pensou para este espaço.

O móvel de parede a parede estende-se às 3 zonas da sala. Este móvel serve de apoio a TV, serve de secretária para a zona de trabalho e de aparador de apoio à zona de jantar. Foi feito com vários módulos e um tampo que os une.

Mãos-à-Obra – “Uma casa nova”

Neste Mãos-à-Obra, Luís Pedro teve a ideia de transformar um antigo roupeiro encastrado num pequeno fraldário. Veja como.

https://www.leroymerlin.pt/?gclid=Cj0KCQiAk4aOBhCTARIsAFWFP9HiWPJYGBHsF5vmjoWmfvSnphAuhc74AdM31fdB0A28yU82KhO3D1UaAoTeEALw_wcB

“Uma casa nova”

Por Luís Pedro de Abreu

A Casa Nova é uma casa de acolhimento de ação de solidariedade social que acolhe crianças dos 0 aos 12 anos. as responsáveis fazem tudo para que estas crianças se sintam em casa e apostam num ambiente acolhedor e terapêutico. Os quartos foram as divisões com que concorreram ao Querido, mudei a casa!.

As maiores necessidades deste espaço prendiam-se mais ao conforto do que à estética. As janelas e o chão precisavam de ser trocados. E a arrumação e a organização tinham que ser repensadas, pois aqui vivem muitas crianças. Tudo isto nos quatro quartos. Foi um desafio abraçado com entusiasmo.

O quarto mais pequeno passou a ser o quarto dos bebés, onde os berços cabem melhor. De tons neutro, o branco foi aplicado como base e complementado com apontamentos de cores suaves.

No quarto dos rapazes retiraram-se as portas de correr que davam para uma marquise, assim o espaço útil aumentou consideravelmente. Para aqui foi desenhado o grande roupeiro que serve de apoio a todos os quartos, depois como complementos há cómodas em todos eles. A cor predominante escolhida para este quarto foi um verde pastel.

O quarto das raparigas tem um requinte feminino que não foi aplicado nos outros. O rosa velho é a cor da divisão e é arrematado com papel de parede a imitar palhinha, que torna o quarto mais quente.

O quarto maior é quarto misto, adaptável tanto a meninas como a meninos. Este vive num ambiente quente de amarelo torrado em meia parede e na parte superior branco.

Foi encontrada uma linha de continuidade na decoração entre os quatro quartos, e o corredor que lhes dá acesso também foi recuperado e decorado.