“Um quarto de rainha”

Por Rodolfo Galvão

Foi na tentativa de trazer mais conforto e comodidade à vida de Ana Paula que Patrícia Barros decidiu candidatar-se ao Querido. Queria surpreender a sua mãe, que desde que perdeu o marido viu-se numa situação emocional mais frágil. Para que pudesse ficar mais perto da filha mudou de casa, trazendo consigo toda mobília do seu antigo quarto.

Foi um projeto que incidiu maioritariamente na organização, arrumação e decoração do espaço, com muitos detalhes e uma temática muito forte. Ana Paula identifica-se com um estilo romântico, clássico e simultaneamente moderno, tem preferência por cores neutras e tons pastéis. Foi então, seguindo esta linha, que Rodolfo Galvão decide projetar um quarto “digno de rainha”.

As cores para esta divisão foram o branco, cinza-claro e verde menta em apontamentos. Estas tonalidades proporcionam conforto ao espaço e simultaneamente aumentam o espaço a nível visual. São tonalidades frescas que combinam com os elementos que compõem a divisão.

Na parede principal, a da cabeceira, foram criados vários frisos e molduras para criar a dinâmica do estilo decorativo. Rodolfo optou por dois papéis de parede distintos, um mais orgânico, outro mais geométrico – tudo características do estilo escolhido – no entanto ambos nos mesmos tons. Foi criado também um friso horizontal que acompanha toda a zona de descanso do quarto. De forma a reforçar a temática no teto e na porta foram também aplicados frisos. E a cabeceira em escada com ascensão central reforça à cama – o objecto principal – a imponência característica.

Esta divisão não recebia muita luz natural porque existe uma parede que divide a zona de dormir na zona de vestir. Foi necessário criar vários pontos de luz, tanto de parede como de teto, e até iluminação complementar de apoio.

Foi criada uma zona de vestir, um espaço funcional e com arrumação que se fazia acompanhar, de uma forma mais despojada mas igualmente bem conseguida, da temática do quarto.

Escrever um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.